Número total de visualizações de página

segunda-feira, 26 de novembro de 2012


A GESTÃO no contexto Empresarial actual  e Futuro…

Key Words – Gestão, Organização, Inovação, Equilíbrio, Planeamento, Recursos e Escassez.


O planeamento não diz respeito às decisões futuras, mas sim às implicações futuras das decisões presentes. - Peter Drucker

Caros amigos estou de volta com mais um artigo de opinião. O tema sobre o qual deixarei algumas opiniões é o termo da Gestão no contexto actual e numa perspectiva futura.
Certamente alguns de vós estarão a questionar-se o porque de um artigo sobre este conceito, aparentemente tão simples, mas que quando analisado se revela bem mais complexo. A ideia de escrever este artigo, partiu da experiência que tenho vivido enquanto consultor e formador de empresários e empreendedores agrícolas (ora aqui um tema bastante interessante para um próximo artigo, Empresas agrícolas). Obviamente também o trabalho com outras empresas de diferentes sectores tem contribuído e contribuiu decisivamente.
O conceito…
O ponto de partida para o artigo, todos concordarão, será a definição do conceito de GESTÃO.
Ao realizar uma rápida pesquisa pelo internet, tal qual um qualquer leigo na matéria deparei me com algumas coisas interessantes, mas ao mesmo tempo diferentes, o que rapidamente me levou a concluir que GESTÃO é uma infinidade de coisas, ou não será tanto assim?
Quando ministro formação ou dou consultoria o ponto de partida é sempre, ou quase, este. Acreditem que apesar da palavra  ser vulgarmente conhecida de toda a gente, a sua definição já não o é assim tanto.
Pegando nas origens do latim gestĭo, o conceito de GESTÃO referia -se à acção e ao efeito de gerir ou de administrar. Bem isto parece me pescadinha de rabo na boca. Pois gestão é o acto de gerir. No inicio do séc passado Henry Fayol definiu GESTÃO como um conjunto de actividades. Seriam estas o planeamento, organização, liderança e controlo (designado por ciclo de gestão). Muitos outros autores, antes e depois deste, se seguiram, com excelentes contributos. O pai do conceito, daquilo que designamos por GESTÃO Moderna, Peter Drucker, na sua extensa e  fabulosa obra define-a como conjunto de decisões chave com vista ao sucesso das operações empresariais no futuro. Destaco aqui o termo futuro.  Josepf Schumpeter  deu também excelente contributo sobre o conceito, principalmente na importância deste para a INOVAÇÃO nas empresas.
A evolução da sociedade, a revolução Industrial do séc XIX, o inicio do séc XX as grandes Guerras, a grande depressão, os  acordos comerciais (GATT ou a EFTA), a industrialização da economia, e mais recentemente a Globalização e o aparecimento das TI   e a rápida mudança do contexto em que as empresas se inserem levou também à constante “actualização” do conceito. Deixo uma questão para vossa análise. O porquê desta constante “actualização”, se é que assim podemos chamar.
Se tiverem oportunidade de fazer uma pequena pesquisa sobre o termo GESTÃO vão deparar-se com um conjunto de outros termos ligados ao conceito de GESTÃO. Organização, necessidade, racional, decisões, eficácia, eficiência, objectivos, conhecimento e tantos outros.
Constata-mos então facilmente que o conceito de GESTÃO está presente na nossa vida de forma quase rotineira, mas porquê? O que é isso de gerir? Porquê tanta necessidade de GESTÃO?
A questão principal que se coloca é o PORQUÊ DA NECESSIDADE DE GERIR. Ai sim, existem as dúvidas e dificuldades. Se olhar-mos atentamente para o conceito de economia e para o contributo dado por autores como Adam Smith, percebemos que este conceito se liga a um outro muito importante; o da ESCASSEZ, (aconselha-se leitura do livro “Economia(s)” do Prof.  Francisco Louça e Prof Castro Caldas). É essa a razão da economia e em grande parte a razão da GESTÃO. Porquê?!
Se a economia estuda a escassez de recursos (Capital, Humanos e Equipamentos), a gestão não mais faz que os “gerir”, passe a redundância propositada. A gestão só faz sentido, ou melhor, faz sentido porque os recursos são ESCASSOS, LIMITADOS. Porque existe necessidade de os afectar de forma eficaz e eficiente. Inumeras vezes para desbloquear a definição do conceito, questiono: Porque razão têm as pessoas necessidade de gerir o seu salário? Rapidamente se descobre a pólvora. É escasso e é necessário fazer trade off´s (escolhas).
Dada a escassez dos recursos e a necessidade de os afectar às actividades de modo a atingir-se objectivos , torna-se fundamental a construção de estratégias. Como atingir determinado objectivo com os limitados recursos disponíveis? Aqui entram outros conceitos, igualmente importantes, como o conceito de eficácia e eficiência. É fundamental fazer bem feito (eficácia) e com o menor dispêndio de recursos possível (eficiência), ou melhor maximizando os recursos afectados. Em GESTÃO não existem soluções óptimas, existem sim "soluções maximizadas", a este preceito a disciplina de Investigação Operacional muito ajudará. 
A "manta é curta" e os recursos (capital, humanos e equipamentos) não chegam para tudo. É este o grande desafio que se coloca no presente e principalmente se vai colocar no futuro. Percebe-se assim o porquê de muitas vezes se falar em má gestão e de gastar mais do que se tem e dos nefastos efeitos futuros. Tais efeitos raramente são visíveis a curto prazo, mas acreditem, a médio e longo prazo podem ser devastadores, além de que, nessa altura a recuperação e reestruturação é extremamente difícil e complicada, vejamos o que se passa no contexto nacional actual, depois de anos a acumular..... o que todos nós bem sabemos, (mas estas são contas de outro rosário).
Quando reúno, analiso e dou pareceres, alerto sempre empresários, empresas e empreendedores para todas as questões acima apresentadas, pois estas representam a base do sucesso no futuro.
Em conclusão acrescentaria, se me é permitido, a todas as definições e palavras acima ditas, uma outra. EQUILÍBRIO!
Gerir é tomar decisões EQUILIBRADAS. É fundamental no contexto actual afectar os recursos disponíveis (poucos, mas bons) da forma o mais equilibrada possível. Bem ou mal?! O futuro o dirá! Até porque ninguém é perfeito e como alguém um dia disse: " ...O que hoje é verdade amanhã é mentira..."

GESTÃO é tomar decisões hoje que não condicionem, e, contribuam para sucesso do amanhã!

Até breve e bons negócios que é como quem diz boa GESTÃO, Equilibrada, dos vosso recursos.